Notas fiscais eletrônicas: Quais os principais tipos?

Saber quais são os principais tipos de notas fiscais eletrônicas é importante para que empreendedores e empresas de todos os portes possam fazer a emissão correta dos documentos.⠀


Separamos 4 dos principais tipos para vocês conhecer. Confira:


  • Nota Fiscal Eletrônica (NF-e): é um dos tipos de notas fiscais eletrônicas mais comuns, pois ela é a versão digitalizada das tradicionais notas impressas. A obrigatoriedade na emissão da NF-e depende da legislação estadual e municipal, mas no geral serve para todas as empresas.

No caso do cliente ser pessoa jurídica, está dispensado da obrigação se o comprador emitir uma nota de entrada.


  • Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e): é um documento que pode substituir o cupom e a nota fiscal na compra de um produto em loja física. A vantagem para o consumidor é que ela permite a conferência do que foi comprado. Para o governo, possibilita um controle fiscal mais efetivo.

A NFC-e é frequentemente utilizada para as transações no varejo, como, por exemplo, compras em lojas de móveis ou roupas, diferente da NF-e que é um pouco mais abrangente.


  • Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e): se assemelha à NF-e, porém ela é direcionada para a prestação de serviços e foi criada para substituir a Declaração de Serviço, uma exigência das legislações municipais. O prestador de serviços pode gerar a nota junto ao sistema da prefeitura em que o CNPJ está registrado.

A NFS-e deve ser emitida independentemente do local em que o serviço foi prestado.


  • Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANF-e): Esse documento não é exatamente um tipo de nota fiscal eletrônica, mas uma versão simplificada da NF-e, enviada junto com o produto e com uma chave de acesso para acessar a nota fiscal eletrônica on-line e assim conferir as informações completas do pedido.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo